Quarentena – The End : Produtividade & Dislexia

Quarentena – The End : Produtividade & Dislexia

Esta semana mudámos de cenário e tudo correu muito melhor.

Depois de dois meses entre quatro paredes, depois da incerteza do Estado de Emergência, da habituação às aulas online, da interrupção  da terapia, sentimos finalmente alguma normalidade esta semana.

Mudámos de cenário e voltámos a respirar alguma tranquilidade e paz de espírito.

Mudámos de cenário e houve um pause nas birras, estivemos todas muito mais bem dispostas e mais leves.

E isso significou o quê para a Francisca?

Significou produtividade. A produtividade é a capacidade de fazermos melhor com menos esforço. Como portugueses temos enraizada a ideia de que temos de estar todos muito ocupados para nos sentirmos produtivos. E é precisamente o contrário. Precisamos de trabalhar menos horas para sermos mais produtivos. Precisamos de nos focarmos mais nos resultados que queremos obter do que no planeamento rígido, precisamos de ter espaço mental para respirar e de aprendermos a gerir  melhor a nossa energia para sermos mais produtivos.

Foi isso que aconteceu esta semana. Confesso que às vezes o medo de não estar a fazer o suficiente me leva a estar focada na ocupação dela e não na produtividade, o que não traz os melhores resultados. E isso habitualmente acontece quando  exijo demasiado de mim e não deixo o tal espaço mental para respirar. Nestas alturas entramos em modo automático que numa fase de pressão leva a um looping de cansaço, falta de paciência e gritaria. E raramente temos o discernimento de parar.

Esta semana mudámos de cenário e isso obrigou-me a parar e a mudar o padrão. Houve menos fichas extensas mas houve resultados muito bons na aprendizagem da numeração romana, no treino das fracções e na leitura do livro. Houve um concurso de palavras com a terapeuta que correu muito bem, houve corridas de bicicleta e uma família muito mais feliz.

Afinal queremos que eles estejam ocupados ou que tenham resultados? Às vezes é preciso pararmos ou darmos dois passos atrás para andarmos  para a frente. Temos de vencer o desafio de nos sentirmos por vezes culpados por termos momentos em que não estamos a fazer nada – porque é normalmente nesses momentos que surgem as grandes ideias.

Fiz um webinar sobre Produtividade Consciente  a semana passada que me fez pensar em tudo isto e me ajudou a ajustar a minha estratégia. O interessante é que o fiz num contexto profissional e o simples facto de sistematizar informação, e relembrar conceitos importantes  colocou  o tema no meu Top of mind e foi o insight necessário para me fazer alterar a estratégia com a Francisca.

Deixo aqui o link sobre Produtividade Consciente  para quem quiser aprofundar o tema.

PS – Que tenhamos o discernimento de mudar de cenário ( mesmo sem sair do mesmo sitio) muito mais vezes!

 

A história de uma quarentena:

Semana #1 – Trabalhar com a Francisca em quarentena
Semana #2 – Trabalhar com a Francisca em quarentena
Semana #3 – Trabalhar com a Francisca em quarentena
Semana #4 – Quarentena by Francisca
Semana #5 – O Essencial
Semana #6 – Aulas online & comparações
Semana #7 – Dia da Mãe

Semana#8 – Birras

 

 

 

Patrícia Teixeira de Abreu

Vivo a vida com intensidade e acredito que a dislexia pode ser uma oportunidade única de crescimento para uma família de miúdas com garra.

Artigos Relacionados

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

×