E agora?

E agora?

O Verão passou e será que os hábitos ficaram? Quais? Os bons ou os maus?

Descansámos, relaxámos, descontrairmos e divertimo-nos. Sortudos dos que se abstraíram do coronavírus e dos que aprenderam a conviver com ele…a verdade é que temos pela frente mais uns meses até ao final do ano. Sonhámos e projetámos vontades no início do ano, reajustamos essas vontades na Primavera e voltamos a repensar no Verão.

E agora?

Damos por nós a pensar “o que quero fazer?” ou “ valerá a pena?”

Claro! Quando definimos os nossos objetivos estamos a acionar o nosso GPS, a orientar a nossa vida e não apenas a pensar no futuro a muito longo prazo. Pensar e escrever os nossos objetivos “obriga-nos” a pensar o que pode correr melhor e quando iremos chegar ou até o que pode correr ainda melhor para podermos seguir em frente e/ou clarificar alguns contratempos que possam surgir.

Implica ter um maior controlo sobre a sua vida e sobre tudo o que é importante para si. Pensar no hoje! Pensar no agora!

O ser humano tem características únicas: aspira conseguir, realizar, obter, transformar a sua vida para um futuro melhor.

O nosso tempo é de fato o recurso mais valioso para investirmos em nós!

Já pensou quanto vale o seu tempo?

Se quer começar algum projeto, comece já!

É importante refletir se está a ser persistente ou teimoso.. fará toda a diferença no seu caminho.

A grande diferença são as metas, quem persiste tem objetivos claros e não perde o foco. O teimoso habitualmente não sabe onde quer chegar, considera que persistir no mesmo caminho a vida toda é persistência.

Outubro é o momento certo para refletir sobre o que se aproxima.

Aproveite para:

1. Parar

2. Pensar

3. Persistir

4. Ponderar

Comece por escrever os seus objetivos até Dezembro 2020 e depois avance para 2021!

Não se deixe contaminar pela indecisão, pela melancolia ou pela inércia e siga com atitude positiva.

Como pode fazer?

1. Escreva os objetivos pessoais e profissionais

2. Crie um plano e ação

3. Desenvolva a auto confiança, determinação e disciplina

4. Controle e acompanhe o progresso

Saliento que isto é totalmente aplicável também à forma como poderá lidar com a dislexia na sua vida.Desafie-se e experimente!

Boa sorte! Eu estarei por aqui para o ajudar, caso seja essa a sua decisão.

Até breve!

Sofia Lopes Rosa

Executive Coach. Acredito que cada um de nós tem um potencial ilimitado para explorar. Ajudo a transformar desafios em oportunidades de crescimento.

Artigos Relacionados

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

×