Aprender a brincar…

Aprender a brincar…

Voltámos ao tema do Kidizoom. (Parte I: Euros & Cêntimos).

A Francisca quer um Kidizoom ( é um relógio com jogos) mas o dinheiro que tem no mealheiro não chega.Fizemos um pacto. Vamos arranjar uma forma de aumentar a receita. Ponto assente é que eu não vou comprar o Kidizoom, mas há formas alternativas de lá chegar- há que puxar pela cabeça e encontrar soluções. No outro dia concorreu a um concurso da empresa da Mãe cujo prémio era um vale que poderia ajudar na compra do Kidizoom. Também já implementámos que de vez em quando fazemos testes extra que se tiverem notas “top” implicam uma ajuda da mãe.  Com isso aprende 2 coisas: que é preciso definirmos objectivos e que é preciso trabalharmos para conseguirmos o que queremos.

Já percebeu que se quer o Kidizoom  vai ter de fazer por isso, e como não poderia deixar de ser pensou numa forma criativa de o conseguir (a criatividade é um dos skills mais diferenciadores dos disléxicos) .
⁃ Mãe e se eu fizesse uma venda de histórias à família?
⁃ Como é que vais fazer isso?
⁃ Podia fazer umas rifas não achas?
⁃ Boa! Eu contribuo com uma caixa de bombons para o prémio, queres? Mas as histórias têm de ficar bem giras!

E  foi esse o trabalho desta semana. Escreveu 8 histórias ( sim 8!), com princípio meio e fim. Escolheu o título, inventou a história, fez a ilustração e identificou a autora, ilustradora e até a editora. Tudo decidido por ela. Claro que tinha alguns erros. Não faz mal. Eu corrigi. É importante que não visualize os erros, porque aprende muito por visualização.

Vendeu todas. Ficou radiante, e mais uma vez trabalhámos a brincar, não só as composições, mas também a matemática, contagem de euros e a capacidade de concentração. 

PS- E está cada vez mais perto do Kidizoom….

Patrícia Teixeira de Abreu

Vivo a vida com intensidade e acredito que a dislexia pode ser uma oportunidade única de crescimento para uma família de miúdas com garra.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

×