Inglês – Estratégias & Resultados

Inglês – Estratégias & Resultados

Recuperei este texto, referente ao 2.º período.

Pensar em testes e escola, depois de dois meses de teleescola, teletrabalho e teletarefas na nossa “telecasa”, parece uma realidade tão distante que nos faz pensar que de facto na vida não há nada impossível (por mais improvável que seja).

Na verdade, recuperei este texto porque uso a estratégia abaixo várias vezes, normalmente nos dias em que a Francisca está mais cansada e antecipo que esteja preparadíssima para uma enorme birra.

Qual é a cereja no topo do bolo de uma semana difícil?

Teste de Inglês, pois claro. Há lá melhor que isto? Se pensarmos que o português já é difícil e é a língua materna, o Inglês então é melhor nem comentar.

Distraí-me, e quando me apercebi faltavam 2 dias para o teste oral.
A matéria do teste incluía vocabulário, perguntas e respostas afirmativas e negativas sobre a “library”. Quando de repente caí em mim, pensei: “Estou tramada, vai ser um fim de semana terrível”.
Só que não.

E porquê?

Porque temos um quadro magnético em casa e eu comprei umas canetas. Brincámos às professoras, com a matéria do teste, e ela achou tão giro escrever no quadro e eu corrigir como se estivéssemos mesmo na escola que apreendeu tudo.
O resultado foi um 92,5% que a deixou em êxtase!

Este resultado foi um “boost” enorme na autoconfiança da Francisca. E voltamos ao início do post : “Não há nada impossível”.

Moral da história: Nunca, mas nunca desistir, mas mudar de estratégia as vezes que forem necessárias. Arriscar e acreditar. Acreditar sempre!

“Medo e fé. Aquele com quem danças determina a tua vida” – Kamal Ravikant

Patrícia Teixeira de Abreu

Vivo a vida com intensidade e acredito que a dislexia pode ser uma oportunidade única de crescimento para uma família de miúdas com garra.

Artigos Relacionados

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

×