Leitura tecnológica!

Leitura tecnológica!

Ontem foi o dia Internacional do Livro infantil.

Adoro ler, e incuti esse hábito nas minhas filhas. Há momentos em que estamos as 4 a ler. Sim as 4.

Os disléxicos têm uma relação agridoce com os livros (muitas vezes mais agri que doce), mas a Francisca já leu um livro de 220 páginas e já vai no segundo. Começámos devagarinho a criar momentos de leitura em família, e ela não queria ficar de fora. Um dia disse-me ” Mãe podes-me comprar o Diário de um Banana?”. Confesso que nem liguei. Temos centenas de livros cá em casa, por isso  pensei que fosse mais das suas “pedinchices”. Mas o assunto tornou-se recorrente e acabei por comprar. E ela começou a ler devagarinho, e a contar-me a história todas as noites.

Há uns dias a a Clara Gomes contactou-me  para a Francisca experimentar a aplicação para o telemóvel que desenvolveu com o João Hugo Cardoso (APP Speed Reading), que permite treinar a leitura e medir a velocidade da mesma. Eu aceitei de imediato o desafio,  porque interessam-me formas alternativas de treinar a Francisca  que lhe permitam aprender e reter a informação de forma lúdica.

A App Speed Reading é uma aplicação para o telemóvel que tem dentro da própria aplicação textos que podem ser lidos como se estivéssemos a jogar um jogo.

Experimentámos. Carregámos no “iniciar”, ela começou a ler e a aplicação contou as palavras por minuto. Fizemos as duas, relemos várias vezes e divertimos-nos a trabalhar. No dia seguinte fizemos de outra forma. Lemos o texto do livro da escola e a aplicação escreveu o que lemos e contou a palavras por minuto. Ela achou o máximo. A ideia da app é que façam treinos semanais e aumentem a velocidade de leitura. Achei que seria uma ferramenta a explorar.Na página da Capicua  encontram uma explicação mais técnica.

Para nós é mais uma alternativa a considerar. Ela ficou radiante quando me ganhou, e combinámos a desforra para o dia seguinte.

Este é um espaço de partilha. A partilha das vossas experiências com crianças disléxicas será sempre muito bem vinda, e pode ser uma solução para outra criança. Fica aqui o desafio. Todos ganhamos.

Patrícia Teixeira de Abreu

Vivo a vida com intensidade e acredito que a dislexia pode ser uma oportunidade única de crescimento para uma família de miúdas com garra.

Artigos Relacionados

Silêncios

Silêncios

Julho 12, 2020
Desligar

Desligar

Julho 01, 2020

4 Comentários

    Avatar

    Belisa Matos

    3rd Abr 2020 - 14:43

    Olá Patricia

    Sou mãe do Pedro com 8 anos e dislexia. Temos uma amiga em comum, a Sandra, e já ouvia falar de si e da Francisca antes de nascer o blog. Só queria dizer-lhe que me revejo em todos os seus artigos. Quando o meu filho mais velho os lê diz-me : Mãe, parece que és tu a escrever o teu dia a dia.
    Também eu passo por todos os bons e maus momentos e também nós arranjamos forma de nos organizarmos. O meu filho mais velho faz quase sempre o jantar para que possa estudar todos os dias com o Pedro e começou com 13 anos…
    Gosto muito do blog. Tenho muita dificuldade em encontrar formas alternativas para ensinar o Pedro a fixar os conteúdos.
    “Masculino é parecido com músculos e os homens têm mais músculos. ”
    Este tipo de mnemónicas ajuda os nossos filhos mas são difíceis de encontrar. Como poderíamos criar um espaço mais imediato para as partilharmos uns com os outros?
    Deixo o desafio! Sei que já o fez no seu blog…
    Um grupo de pais no Facebook também não parece solução porque as pessoas acabam por ir colocando outro tipo de informação e depois o acesso acaba por não ser rápido…
    Um beijinho grande e a certeza de que não está sozinha nesta longa caminhada.
    Estou ao seu dispor para aquilo que precisar.
    Belisa Matos

      Patrícia Teixeira de Abreu

      Patrícia Teixeira de Abreu

      4th Abr 2020 - 22:12

      Olá Belisa,
      É tão tão bom sentirmos que não estamos sozinhos. Fico muito contente que se identifique com o blog. E tem toda a razão, às vezes falta imaginação para tanta mnemónica. Uma ideia seria juntar num texto do blog as mnemónicas que todos usamos.Vou lançar esse desafio no blog, e pensar numa forma mais interactiva.Também vou desafiar a Sandra para nos encontrarmos depois desta fase difícil:) Um beijinho Patrícia

    Avatar

    Catarina Branco

    3rd Abr 2020 - 15:52

    Boa tarde,
    Desde já, parabéns pela sua página! A App Speed Reading pareceu-me uma excelente ferramenta, mas não encontro. Pode facultar-me, se faz favor? Muito obrigada.

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

×