Carta ao Pai Natal – Dislexia

Carta ao Pai Natal – Dislexia

Querido Pai Natal,
Este ano não quero brinquedos, só quero mesmo uma coisa que se calhar vais achar bem estranha.

Gostava que desses aos teus duendes uma missão especial. Na noite de Natal em vez de me trazerem presentes precisava que ordenassem o comboio de letras na minha cabeça para que saíssem todas direitinhas quando escrevo. Estou absolutamente farto de trocar “Bs”por “Ds”, “Vs” por “Fs”, ou “Ps” por “Qs”.

Era importante que pusessem ordem naquela sopa de letras desorganizada onde os meus génios da leitura vão buscar as letras quando tento ler, para que deixe de ser tão cansativo. A mãe diz que eles precisam de treino, assim como se fossem ao ginásio para ficarem em forma. Eu já nem sei o que te diga. Trabalho muito mais que as outras crianças e às vezes parece que nada resulta.

Não percebo porquê que os meus génios da leitura não olham para os livros e assim como os génios da leitura das outras crianças acertam logo nas palavras. Acho injusto.

Às vezes corre bem,quando o génio fotógrafo identifica a palavra que lê como se fosse uma fotografia que já tinha guardada na gaveta,outras vezes aparece o génio traquinas e baralha tudo e não daí não sai nada de jeito, outras vezes ganha o génio cansado e desisto, outras vezes ainda o génio zangão faz-me sentir irritado e menos inteligente que os outros meninos. O génio envergonhado aparece quando soletro em frente à turma, o carinhoso dá-me coragem para não desistir e o sonhador e o persistente garantem que um dia vou ler tão bem como as outras crianças.

Estou cansado disto Pai Natal.

Este ano Pai Natal o melhor presente é uma dose de compreensão extra aos meus professores para que não me deixem desistir e uns pozinhos mágicos aos génios da empatia dos meus amigos para que entendam que não é falta de esforço, distração ou outra coisa pior – preciso tanto do apoio deles!

Eu sei que tenho só uns génios da leitura bem traquinas que me pregam muitas partidas, mas isso não tem graça nenhuma, e deixa-me muitas vezes infinitamente triste.

Mas tu podes ajudar Pai Natal: partilha este projeto com todas  as escolas ( https://projetoescolas.dislexiadaybyday.com ) tem vídeos de sensibilização sobre dislexia para as crianças, bandas desenhadas para pintarem e um manual para ajudar todos os professores para que todos entendam os meus génios traquinas.

É tudo gratuito e uma grande ajuda para que meninos como eu possam ter uma aprendizagem mais leve e feliz!

Beijinhos de todas as crianças disléxicas

Patrícia Teixeira de Abreu

Vivo a vida com intensidade e acredito que a dislexia pode ser uma oportunidade única de crescimento para uma família de miúdas com garra.

Artigos Relacionados

O meu lugar feliz!

O meu lugar feliz!

Janeiro 27, 2023
Varinha mágica!

Varinha mágica!

Janeiro 16, 2023
Ciências em desespero…

Ciências em desespero…

Janeiro 15, 2023

2 Comentários

    Avatar

    Tiago Rangel

    26th Dez 2022 - 9:46

    Olá! Sou o Tiago e tenho 11 anos.
    Adoro informática e, embora não seja disléxico, gostaria de recomendar a todos os disléxicos a fonte “Open Dyslexic” (eu verifiquei que ajudava bastante ao mostrar exemplos a um amigo meu disléxico, que também não conhecia a fonte) para ver ebooks, documentos word, etc., porque ajuda bastante a leitura de documentos, embora não retire completamente o problema.
    Esta fonte é aberta e pode ser transferida no seu site oficial.
    Se as editoras disponibilizassem esta fonte nos seus livros online, facilitava muito, mas embora a Open Dyslexic seja conhecida muitas pessoas não pensam nela ao criar conteúdo.
    Muito obrigado!
    Tiago Rangel

      Patrícia Teixeira de Abreu

      Patrícia Teixeira de Abreu

      31st Dez 2022 - 18:24

      Muito obrigada Tiago! Que ótima ideia! Podemos escrever para as editoras a sugerir isso. O que achas? Beijinhos Patrícia e Francisca

Deixe o seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

Sobre

About Me
Determinada, entusiasta e enérgica gosto de sentir que crio valor. Desafios que envolvam comunicação, liderança e criatividade são para mim! Gosto do frio da barriga de novos começos. A monotonia aborrece-me e a paciência não é propriamente o meu forte...

Continuar a ler

Dislexia dia a dia

Contactos

Parceiros

×